No ritmo do Carnaval, a Crefisa já é de samba!

Não por acaso e nem à toa, mas percebendo que os investimentos no Carnaval de São Paulo podem render bons “frutos” e polpudos retornos nos investimentos aplicados. A Crefisa (Banco Financeiro Brasileiro que é o maior patrocinador da Sociedade Esportiva Palmeiras), entra no ritmo do samba e patrocina a segunda divisão do Carnaval Paulistano.

Segundo informa o jornalista Romulo Tesi em sua coluna na UOL, cerca de R$ 1.854,990,00 serão investidos para as escolas de samba do Acesso 1.  O valor é o equivalente ao total aprovado pelo então Ministério (atual Secretaria) de Cultura através da Lei Rouanet.

No ano passado, o mesmo patrocínio da empresa para o Acesso foi de R$ 1,2 milhão. O projeto foi apresentado pela Liga SP e contempla todas as oito escolas do Acesso 1: Unidos do Peruche, Independente Tricolor, Barroca Zona Sul, Nenê de Vila Matilde, Pérola Negra, Leandro de Itaquera, Camisa Verde e Branco, Mocidade Unida da Mooca. Os desfiles acontecem no domingo de Carnaval, dia 3 de março.

Cada agremiação do Acesso 1 receberá da Prefeitura de São Paulo R$ 783.358,86 – Mais que as escolas do Grupo Especial do Rio de Janeiro têm garantido da gestão Marcelo Crivella até o momento, R$ 500 mil.

Os investimentos da Crefisa, no entanto , não se limita as escolas do Grupo de Acesso 1, como é a maior patrocinadora do time e do Clube do Palmeiras, a financeira também repassou cerca de R$ 3,4 milhões para o desfile da Escola de Samba Mancha Verde, que no Carnaval de 2019 apresenta o enredo “Oxalá, salve a princesa! A saga de uma guerreira negra”, proposto pelo carnavalesco Jorge Freitas.  A Mancha Verde é a terceira escola a desfilar no Sambódromo do Anhembi na noite de 1º. De Março.

Valeu Crefisa! As escolas de samba de São Paulo se reinventa a todo momento para que o Carnaval de São Paulo continue no caminho do sucesso. Superar todas dificuldades para se por uma escola na avenida, arrancar boas notas dos jurados e aplausos do público e sambistas apaixonados na hora do desfile, não é tarefa fácil. Muito e muitos trabalhos são enfrentados o ano inteiro para vencer todas as barreiras. E a falta de dinheiro é a maior delas. Nada se faz sem dinheiro!

A contribuição que a Crefisa faz dá folego e combustão para um grande espetáculo. E, é sem dúvida, o reconhecimento  da importância que o Carnaval das escolas de samba tem na educação cultural e na manifestação folclórica do povo brasileiro.

Valdir Sena – Jornalista, radialista, pesquisador e cronista de Carnaval.

Facebook comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 14 =

%d blogueiros gostam disto: