Home Carnaval Santos Veja os destaques do Carnaval de Santos

Veja os destaques do Carnaval de Santos

por Shirlei Dias
505 visualizações

A Liga das Escolas de Samba de Santos promoveu na noite de ontem (15), a segunda noite de desfiles das Escolas de Samba do Litoral, no Sambódromo Dráuzio da Cruz. Ao todo foram oito Escolas que disputam o título de campeã do grupo Especial da baixada santista.

Capa: Nelson Gariba

A primeira Escola a entrar na Avenida foi o Grêmio Recreativo Academia do Samba Mãos Entrelaçadas. Com seus 1.300( hum mil e trezentos), os componentes da Escola narraram no Sambódromo o Enredo  “ Assim Caminha a Humanidade , em busca das Origens e da Verdade”. Carnaval assinado pelo carnavalesco Régis Lopes que trouxe para a Avenida uma reflexão sobre a existência e a evolução do homem através das Antigas Civilizações. A bateria da Escola foi sem dúvida o grande destaque da passagem da Agremiação.

 A segunda Escola a  mostrar  seu carnaval com seus 1.400  ( hum mil e quatrocentos), componentes foi a Real Mocidade, que ostenta o título de ser “ a mais simpática da baixada”, com o enredo “Ayo , o Senhor dos Tambores”, a escola enalteceu a espiritualidade dos ancestrais da África e a força do Tambor, que através de sua batida enriquece e abrilhanta diversas festas, tanto sagradas quanto profanas. O destaque da agremiação ficou por conta do canto dos integrantes da Escola.

Atrás do seu tri campeonato pelo grupo especial, e com a força da arquibancada, o Grêmio Recreativo Cultural e Escola de Samba Unidos do Morro apresentou em seu desfile o Enredo “A Beleza de Ser um Eterno Aprendiz”, do carnavalesco Igor Carneiro. A escola mostrou um panorama dos jovens aprendizes pelo Brasil. O Enredo cria vida através da história de um jovem pobre que teve que vencer todas as diversidades que a vida lhe impôs, e que vence através de sua garra e determinação.  A escola se destacou em vários quesitos, pelas lindas alegorias, pelo  acabamento de suas fantasias, pela coreografia  apresentada pela bateria Chapa Quente, do mestre Daniel,  antes de  entrar no recuo,  além da  rainha de bateria, Camila Silva, atual rainha do Carnaval do Rio de Janeiro.

  O Grêmio  Recreativo Cultural Escola de Samba União Imperial  foi a quarta  Escola a desfilar e trouxe para Avenida 1.800 ( Hum mil e oitocentos), componentes e através do Enredo “ De verde, Rosa e Louco.. Todo mundo tem um pouco”, enalteceu a loucura e fez uma critica à tal “lucidez “ imposta pela sociedade. Com um desfile compacto e com alegorias e fantasias luxuosas a Escola desenvolveu um ótimo desfile. A agremiação teve como destaque as duas beldades que mostraram suas belas formas físicas à frente da Bateria , Viviane Araújo e Scheila Carvalho.

A Verde e Branco da Baixada, O Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Mocidade Amazonense de Guarujá, mostrou a Origem do Samba com todo o legado africano e suas nuances aqui no Brasil. O Carnavalesco, Claúdio Cavalcante, o Cebola, juntamente com 1.100 ( hum mil e cem), componentes narrou toda resistência sofrida pelo SAMBA, desde a senzala, até a sua redenção, quando cai na graça dos brasileiros ” com o Enredo “Quilombo do SAMBA! coisa de Pele..” Os grandes redutos do Samba, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, também foram assuntos do desfile, devido à grande importância ao gênero musical. Destaque do desfile ficou por conta da Comissão de frente, da Coreografa Roberta Castro.

A Mocidade Dependente do Samba foi a 6ª Agremiação a passar pelo sambódromo com o Enredo ” Dos Enigmátikos  Faraós Negros a África Brasil”.  Em busca do seu primeiro título pelo grupo de elite  do carnaval do Litoral Paulista, a   Escola trouxe para seu desfile oficial  850 componentes, onde narraram a luta do povo negro. Da África, berço da humanidade,  à Terra do Ouro e  as riquezas  dos faraós, aos escravos que perpetuaram todo um legado Cultural de luta e muita gloria para o mundo inteiro. O destaque da Escola ficou por conta do Rouxinol, responsável  pelo carro de Som Fernadinho SP.

A Penúltima Escola a desfilar o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba X-9, “a Pioneira de Santos” , fez um desfile alegre que animou aos sonolentos que aguardavam ao término dos desfiles. Com o Enredo “ Bertioga , Berço da História do Brasil”, a Escola preencheu a passarela com seus 1.500 ( hum mil e quinhentos), componentes que se dividiram em 16 alas. A Agremiação narrou a história da cidade de Bertioga, do encontro dos colonizadores com os nativos da grande Nação Tupi, da importância histórica da cidade e de sua mata atlântica, e por fim o grande desenvolvimento da cidade . O destaque da escola ficou por conta da Bateria “Magia Xisnoveana”, do mestre Jefferson Pires que usou e abusou das bossas com uma marcação rítmica fortíssima.

E Fechando o grande Show o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Vila Mathias com o Enredo “ Sou Vila, Sou Diversidade, Vou Contar Dicesar, Que Felicidade… Adóogo!, do carnavalesco Will Passos. A Escola levou para a Avenida a vida da Drag Queen, Dicesar, paranaense que devido seu imenso talento encantou e venceu todos os preconceitos. O destaque do desfile da Escola esteve na diversidade de cores que coloriu todo o Sambódromo Dráuzio da Cruz na manhã de domingo.

Compartilhar isso:

Facebook comentário

0 Comentário

Deixe um comentário