A chegada da Corte Real no Carnaval SP 2019

Saíram as notas dos jurados no final da noite de sexta-feira (08). Depois de longos ensaios e muita expectativa com as apresentações dos doze candidatos, São Paulo conheceu os donos do maior título da realeza carnavalesca.

Em uma grande festa promovida pela São Paulo Turismo no auditório do Palácio das Convenções do Anhembi, o Carnaval de São Paulo celebrou a coroação de sua Corte Real composto do Rei Momo, Rainha do Carnaval, primeira e segunda Princesa. Ao som da bateria da Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, foram coroados Rei Momo Fábio Rocha Baptista (Sorriso) da Dragões da Real e Rainha do Carnaval Jéssica Bueno da Silva da Camisa Verde e Branco. A dupla vencedora ficou muito emocionada com o título.

Apesar do clima festivo, a noite de ontem passou muito longe das antigas disputas que ocorriam há anos atrás , onde o auditório era completamente tomado pelas torcidas, além de vários diretores das diversas agremiações. O destaque em relação à alegria ficou por conta da torcida da Escola Dragões da Real que vibrou ainda mais alto no momento em que Marco Sales ( ex- rei momo) coroava e passava a faixa de Rei Momo para “Sorriso”.

Pode chorar? Foi muito difícil! Eu cuido da minha mãe de 73 anos que teve um AVC recentemente, ela mora no interior. Ela queria muito estar aqui hoje. Tivemos ensaios massantes. Eu queria ir pra casa, queria ver minha mãe e não podia. O pessoal dos bastidores leva tudo muito à sério. Hoje e ontem passei muito mal, mas valeu à pena.” –  Conta “Sorriso” que o título é uma vitória pessoal e complementa que vai defender e honrar todas as qualidades do posto de Rei Momo, mantendo viva a tradição da simbologia por muitos anos.

Os escolhidos da família real para cumprir a missão de manter viva a chama do Carnaval para as próximas gerações não está sozinha,
Bruna de Paula Maia da Vai Vai foi eleita Primeira Princesa e
Acássia Amorim do Nascimento da Uirapuru da Mooca como Segunda Princesa. A nomeação da Cidadã do Samba ficou com Magali dos Santos e Cidadão do Samba com Dirceu de Almeida Antonio. As escolhas dos jurados para integrar a Corte do Carnaval levaram em conta simpatia, comunicação e samba no pé dos 12 candidatos, e ainda, aptidões físicas das mulheres.

Na edição deste ano, problemas técnicos com o som atrapalharam a evolução da festa e os discursos dos candidatos que exaltaram personagens históricos e a força feminina como Marielle Franco, que demonstraram que não se pode ignorar e deve-se repensar as pautas atuais sobre conceitos de beleza, igualdade e da comunidade do samba dentro do Carnaval.

Entrevista Rei Momo 2019 – Fábio Rocha Baptista (Sorriso)

Fotos do evento Escolha da Corte do Carnaval 2019

Facebook comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

%d blogueiros gostam disto: